Especialidades

Cirurgia de Catarata

Detectada a catarata, o único tratamento é o cirúrgico. A cirurgia envolve a remoção da lente danificada substituindo-a por uma lente artificial chamada lente intraocular. A cirurgia pode ser realizada a partir de duas técnicas, a facoemulsificação ou através do laser de femtosegundo.

Doenças da Córnea

Lesões da córnea, doenças ou fatores hereditários podem causar nebulosidades, distorções e cicatrizes. Por meio do exame oftalmológico e exames complementares, o médico irá determinar a patologia e o tipo de tratamento adequado para a córnea afetada.

Cirurgia Refrativa

A cirurgia refrativa é o método utilizado para correção de erros refracionais como miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia. “A indicação cirúrgica parte do desejo do paciente de se tornar independente dos óculos e lentes de contato. A técnica escolhida e a melhoria da visão variam com as características da córnea de cada paciente”.

Tratamentos

Ametropias

A ametropia é a perda da nitidez da imagem na retina. Engloba a miopia, hipermetropia, astigmatismo ou presbiopia. As ametropias são corrigidas com o uso de óculos, adaptação de lentes de contato ou cirurgia refrativa.

Catarata

A catarata é uma doença caracterizada pela perda gradativa da visão ocasionada por uma alteração do cristalino. Pode ser ter várias causas como traumatismo, diabetes, uveítes, uso de medicamentos, porém a catarata senil relacionada a idade é a mais comum. Esta doença atinge em média 46% da população mundial com mais de 65 anos.

Córnea

A córnea é uma estrutura transparente localizada na parte anterior do olho. Ela permite que as imagens do meio externo penetrem no olho e sejam captadas pela retina. Lesões ou doenças da córnea podem causar nebulosidades, distorções e cicatrizes, reduzindo a visão algumas vezes até o ponto de cegueira.
Especialista em Córnea, Catarata e Cirurgia Refrativa

Prof. Dr. Rodrigo Salustiano, PhD

Doutor Rodrigo Salustiano fez residência médica em Oftalmologia pela Sociedade Beneficente Santa Casa de Campo Grande e na Fundação Banco de Olhos de Goiás (FUBOG), onde se especializou em Doenças Externas e Córnea.

Permaneceu como preceptor da Residência no Departamento de Córnea, Catarata e Doenças Externas da FUBOG por 5 anos após sua especialização.

Foi médico da Polícia Militar do Estado Goiás de 2003 até 2006.

Em 2010, especializou-se pela University of California (USFC), São Francisco, Estados Unidos, no Beckman Vision Center, Departamento de Córnea e Cirurgia Refrativa.

Realizou seu doutorado e pós-doutorado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), onde atuou como professor do Departamento de Catarata e Córnea no Hospital das Clínicas.

Atualmente é professor Adjunto na Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC).

É membro da European Society of Cataract & Refractive Surgeons (ESCRS) e Membro da European Society of Cornea & Ocular Surface Disease Specialists.

Atua profissionalmente como Membro Diretor da Sociedade Brasileira de Ceratocone e atende em Goiânia no Instituto Panamericano da Visão.

Registro de Qualificação de Especialista (RQE): 4595

Notícias

Image

Novidade! Atendimento no Luz Hospital de Olhos e Laser

Novidade! É com grande satisfação que trazemos boas notícias: a partir desta quarta-feira (11/07) o Dr Rodrigo Salustiano estará atendendo também no Luz Hospital de Olhos e Laser, localizado no Parque

Image

4° Congresso de Oftalmologia da UFG

A Universidade Federal de Goiás promoveu nos dias 8 e 9 de junho o 4° Congresso de Oftalmologia da UFG, em Goiânia. Entre os destaques do congresso estão as apresentações de casos clínicos de

Image

Congresso Internacional de Catarata e Cirurgia Refrativa

Entre os dias 16 e 19 de maio, o Dr Rodrigo Salustiano participou do 18° Congresso Internacional de Catarata e Cirurgia Refrativa realizado no Transamérica ExpoCenter, em São Paulo. O encontro é o

Image

Visita à Academia Americana e Canadense de Patologia

Entre os dias 17 e 23 de março, o Dr Rodrigo visitou a convenção anual da USCAP (Academia Americana e Canadense de Patologia), que aconteceu em Vancouver, Canadá. Uma das principais perspectivas da